Campo Novo do Parecis: conheça a melhor cachoeira da minha vida (e olha que já fui em mais de 100 brasileiras)

o que fazer em Campo Novo do Parecis

Campo Novo do Parecis me surpreendeu completamente. Quem me acompanha sabe o quanto eu amo cachoeiras e sempre estou atrás de uma.

E mesmo já tendo conhecido muitas quedas d’água no nosso país, as de Campo Novo me deixaram hipnotizada.

Hoje vou contar sobre este destino pelo qual criei uma conexão e carinho muito especial. Vou explicar onde ele fica, como chegar, o que fazer em Campo Novo do Parecis e muito mais.

Então acompanhe este post e deixe as suas dúvidas nos comentários porque terei o prazer de mostrar ainda mais este destino.

Por que o lugar que visitei em Campo Novo do Parecis foi a melhor cachoeira da minha vida?

Vou começar pela emoção porque a pisciana aqui é emocionada. Eu realmente considero a Cachoeira Salto Belo, que faz parte de Campo Novo do Parecis, como a melhor cachoeira que fui em minha vida.

E tudo isso pela experiência que tive no lugar. Isso marca ainda mais do que as belezas que os nossos olhos podem alegremente registrar.

Primeiramente, essa cachoeira é realmente muito bonita. Ela é bem ampla e tem uma altura de 45 metros. Parece até uma catarata por sua extensão. Além disso, a água do rio é incrivelmente verde e até na queda d’água você enxerga a transparência.

Mas o mais legal de lá é que você pode atravessar essa cachoeira, passando atrás dela a pé. Eu nunca tinha vivido essa experiência e foi emocionante.

Salto Belo em Campo Novo do Parecis
Molhada após atravessar a Cachoeira Salto Belo

A cachoeira pertence a uma aldeia indígena e a comunidade leva você para esse passeio, porque não pode atravessar sozinho. A sensação é de uma chuva torrencial passando por cima da sua cabeça e você fica enxarcado de água. Tem hora que parece cena de filme de fim de mundo. Mas de um jeito bom!

Eu amei a experiência e gostaria de poder levar todas as pessoas importantes para mim até lá um dia.

Onde fica Campo Novo do Parecis?

Campo Novo do Parecis fica no estado do Mato Grosso, na região oeste do estado.

Uma cidade grande bem próxima de lá é Tangará da Serra. Além disso, de Cuiabá até Campo Novo são 400 km. Ou seja, esse percurso dura em torno de 5 horas de carro.

Como chegar até lá?

Não existe aeroporto comercial que deixe o turista pertinho da cidade. Você pode ir até Cuiabá e pegar um ônibus até lá. Ou um carro, uma alternativa que eu recomendo mais.

  • De ônibus, a empresa é a Viação Juma e o percurso dura em torno de 7h30min. Existem várias saídas diárias e você pode comprar sua passagem aqui.
  • De carro o percurso é bem mais rápido. De Cuiabá para lá são cerca de 5 horas. Já de Rondonópolis, 8h30min. E de Tangará da Serra, a cidade grande mais próxima, são apenas 150 km vencidos em torno de 2 horas.

Como se locomover pela cidade? Tem que ir de carro?

Você precisa de carro para visitar os atrativos da cidade, ou fechar todos os passeios com alguma agência turística. Campo Novo do Parecis é grande e não tem ônibus que te leve aos pontos turísticos, quase todos pertencentes a territórios indígenas. Você também não consegue ir a pé pois as distâncias são longas.

Diante dessa realidade, recomendo que você alugue um carro. Isso te dará muito mais liberdade para visitar a cidade e aproveitar ao máximo tudo o que ela oferece.

Você pode encontrar o melhor custo-benefício na RentCars porque ela compara os preços das locadoras mostrando para você qual delas é a mais vantajosa no momento.

Qual a melhor época para a visita?

Eu recomendo que você evite a temporada de chuva, de novembro a março, porque as cachoeiras ficam cheias demais e podem ficar perigosas, com a visita até impedida.

Além disso, eu também não gosto do verão porque as temperaturas são muito altas pelo Mato Grosso.

Assim, recomendo que você prefira os meses de maio, junho e julho. Mas qualquer data que evite as chuvas será bem proveitosa.

Onde se hospedar em Campo Novo do Parecis?

Existem muitas opções de hospedagem por lá porque a cidade não é tão pequena.

Muitas das aldeias que abrigam as cachoeiras permitem que você acampe por lá, o que é uma ótima opção para quem quer ter esse tipo de experiência.

Também existem hotéis e pousadas pelo centro da cidade, mas são distantes dos pontos turísticos.

camping Balneário do Rio Verde
Camping no Balneário do Rio Verde

Por isso, eu recomendo que você fique no Balneário do Rio Verde. Lá eles oferecem tanto a opção de camping quanto chalés para você ter mais conforto. Se você quiser já acordar olhando para um rio transparente, ouvindo o som das araras e curtindo aquele paraíso natural só para você, o Balneário do Rio Verde é uma ótima opção.

Comparando com os outros pontos turísticos, ele é o lugar que oferece a melhor estrutura para turistas. Você pode usar a cozinha do camping ou comprar a comida e bebida no restaurante do local, por exemplo, que também funciona como day use.

O que fazer em Campo Novo do Parecis?

Agora eu vou te contar o que você realmente quer saber: o que fazer em Campo Novo do Parecis e se realmente vale a pena ir para lá. Já adianto, vale sim!

A lista está na minha ordem de preferência. E ainda há diversas outras cachoeiras que não tive a oportunidade de conhecer, mas são tão incríveis quanto as que fui pelos relatos que ouvi.

1.Cachoeira Salto Belo

Cachoeira Salto Belo em Campo Novo do Parecis
Cachoeira Salto Belo

Essa é a cachoeira que eu descrevi a experiência no início do texto.

Eu realmente fiquei enlouquecida nesse lugar e considero Salto Belo a melhor cachoeira da minha vida.

Toda a vivência que tive lá foi incrível e o passar dos anos não vai tirar aquela beleza e sensação da minha memória.

Essa cachoeira fica na aldeia Sacre 2, em que a comunidade tem cerca de 10 famílias A entrada custa R$30,00 e você pode ficar o tempo que quiser no lugar. Basta seguir o Maps e as placas que você consegue chegar lá facilmente.

A parte de cima do Rio Sacre é um lugar bem gostoso de mergulhar, mas a queda grande de água principal é muito forte e não é um lugar para curtir.

Apesar disso, se você atravessar a cachoeira por trás como eu fiz, com certeza chegará ao outro lado bem molhado e refrescado.

A trilha não é difícil, mas pode ser um desafio para quem tem medo de altura porque você desce um escadão preso na pedra para chegar até a parte baixa da cachoeira.

2. Salto Utiariti

Saltos do Utiariti
Salto Utiariti

O Salto Utiariti é o queridinho da maioria das pessoas que visita Campo Novo.

E dá para entender o porquê. O lugar é simplesmente majestoso.

Além de ser um paredão enorme de queda d’água, ele tem altura de 94 metros, o que é bastante impressionante.

Mesmo assim, eu ainda gostei mais de conhecer a Salto Belo em decorrência de toda a experiência que é passar por aquela cachoeira.

A cachoeira Salto Utiariti fica na própria aldeia Utiariti e custa R$30,00 para visitar. Você pode fazer uma trilha curta por lá para ver a queda de diferentes ângulos.

3. Balneário do Rio Verde

Passeio de lancha no Balneário do Rio Verde
Passeio de lancha no Balneário do Rio Verde

O Balneário do Rio Verde não é apenas um lugar de hospedagem, ele também funciona como day use e custa apenas R$15,00 a diária.

Lá é muito legal porque o rio é bem tranquilo para aproveitar as águas calmas e lindas. Se quiser, você ainda pode reservar o quiosque para fazer churrasco.

Além disso, você pode fazer um passeio de barco por lá bastante gostoso e divertido que custa R$30,00, disponível aos finais de semana.

Esse passeio dura cerca de 40 minutos e é de voadeira pelo rio. Primeiramente, é emocionante porque ele passa bem rápido por parte estreitas do Rio Verde. E você fica impressionado com a transparência da água e a beleza do lugar.

O barqueiro ainda para no meio dele para você mergulhar e curtir com toda tranquilidade.

4. Cachoeira Salto da Mulher

Cachoeira Salto da Mulher
Cachoeira Salto da Mulher

A Cachoeira Salto da Mulher foi a primeira que visitei de Campo Novo do Parecis.

A altura da cascata é baixinha, com apenas 5 metros de altura, mas isso não tira em nada a imponência do lugar, sendo mais um paredão de cascata na cidade.

Eu conversei bastante com o cacique da aldeia Salto da Mulher e adorei conhecer a história do lugar, além de me aproximar mais da comunidade indígena.

A cachoeira tem esse nome porque existe uma lenda de que uma menina foi brincar por lá e sumiu, nunca mais sendo encontrada.

Porém, até hoje alguns homens veem uma menina na cachoeira que ninguém mais consegue enxergar. Ela não aparece para os indígenas de forma geral, apenas para homem branco ou para o pajé, algumas vezes.

Até os militares que fizeram a obra do local relataram ver uma menina muito bonita na cachoeira pela manhã.

Esse é um mistério que ronda o lugar até hoje e o deixa ainda mais especial e interessante.

A Cachoeira Salto da Mulher também tem outra vantagem, diversos pontos de observação e banho.

Dicas para a sua viagem pelo Mato Grosso

  • Pesquise bem sobre o clima na época da sua viagem. Muitas pessoas pensam que só faz calor no Mato Grosso, mas cheguei a pegar temperaturas baixas por lá também;
  • Baixe mapas offline em seu celular, você pode ficar sem sinal na estrada procurando um ponto turístico e acabar se perdendo;
  • Não esqueça o repelente e o protetor solar, eles serão seus amigos;
  • Se você tiver aquelas capas à prova d’água para celular, sugiro levar para as cachoeiras de Campo Novo do Parecis;
  • Fique por lá o maior tempo que você conseguir, e aproveite para conhecer outras partes da região Centro-oeste, como a cidade de Costa Rica, porque vai se surpreender e realmente vale muito a pena!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *