Metade das minhas amigas acha que viajar sozinha é a melhor sensação do mundo. A outra metade acha loucura, perigo e irresponsabilidade.

Agora vou mostrar um pouco das duas visões para você decidir qual é a mais coerente e saber como começar a viajar assim, se quiser.

Vista do Farol das Conchas na Ilha do Mel
Viagem sozinha pelo Paraná

Viajar sozinha é bom?

Mas a pergunta mais importante é: viajar sozinha é bom?

Muita gente não gosta de viajar sem companhia e, na minha primeira vez, eu também achei um saco. Só decidi ter a experiência porque queria muito conhecer uma cidade e não tinha companhia.

Foi em uma viagem para Budapeste e eu estava super animada para explorar o lugar. Conforme ia caminhando, observando a arquitetura e admirando aquela cidade linda, ficava um pouco chateada de não ter ninguém para compartilhar aqueles momentos. E comecei a me questionar se viajar sozinha era uma boa pra mim.

Até que percebi o quanto era maravilhoso poder fazer o que eu queria. Gosto de acordar cedo e caminhar muito pelas ruas da cidade. Adoro passar bastante tempo em mirantes observando paisagens, sentindo a energia do lugar, sem a pressa de ir para o próximo ponto turístico.

Quando estou com outras pessoas, tenho que respeitar a vontade do grupo e fazer o que a maioria quer.

Assim, pouco a pouco, aprendi a desfrutar da minha própria companhia. E a cada lugar que eu conhecia, ia percebendo mais e mais vantagens em se jogar no mundo sem companhia.

Benefícios de viajar sozinha

  • Você faz o que quiser.
  • Você fica mais esperta e independente porque é 100% responsável pelas suas decisões.
  • A sua experiência de viagem é mais completa porque você se torna mais aberta a conhecer pessoas e conversar com locais, aprendendo mais sobre a cultura do lugar. Isso acontece principalmente se você ficar em hostels.
  • Se a viagem for para outro país, estar sozinha fará com que você pratique muito mais outra língua do que se estivesse com amigos.
  • Você aprende a se guiar melhor na rua e desenvolve um instinto de direção mais apurado.
  • Aos poucos você aprende a lidar com qualquer tipo de assédio que possa surgir e fica mais preparada para enfrentar situações perigosas ao longo da sua vida.
  • Você também sabe identificar mais rapidamente uma situação adversa e entende o momento de se afastar.
  • Viajar sozinha, muitas vezes, é mais barato. Se você faz couchsurfing, pega carona e come qualquer coisa nas viagens, será bem mais fácil conseguir essas coisas sozinha, o que ajuda bastante a economizar.

Lembre-se de que viajar sozinha não significa que você estará sozinha. Sempre conheço pessoas viajando e muitos se tornam amigos para a vida.

É seguro viajar sozinha no Brasil?

Essa é sempre a primeira pergunta que me fazem: mas você não tem medo?

O Brasil é um dos países mais perigosos do mundo, principalmente para mulheres. Os índices de feminicídio por aqui são altíssimos e o machismo é marca registrada da nossa sociedade.

Então, é normal ficar insegura e se questionar se é perigoso viajar sozinha no Brasil.

Vou ousar afirmar que, se você viaja pelo nosso país, estará preparada para se aventurar em qualquer outro lugar do mundo.

É essencial estar sempre de olho nas suas coisas e ter atenção às pessoas a sua volta para saber identificar situações de perigo. Mas já viajei por vários lugares do Brasil sem companhia e não tive problemas. Sendo do Rio, me senti até bastante segura viajando.

Claro que problemas podem ocorrer, mas se você evitar andar sozinha à noite e beber demais, boa parte dos problemas já serão eliminados.

Infelizmente não podemos confiar em ninguém além da nossa própria intuição.

Quais as desvantagens de viajar sem companhia?

  • Se você ficar doente, não terá ninguém para cuidar de você.
  • Você pode deixar de ir a alguma festa ou evento noturno por não ter companhia e achar perigoso.
  • Se você tem um estilo de viagem mais confortável, ficando em hotéis e pousadas, será mais caro não ter com quem dividir sua hospedagem.
  • Quando você tomar decisões erradas, não terá ninguém para culpar e precisará lidar com suas escolhas. Mas você pode considerar isso uma desvantagem ou um benefício.

Como começar a viajar sozinha?

Se você quiser experimentar esse estilo de viagem, eu sugiro que comece com viagens curtas e próximas da sua casa.

Experimente passar dois ou três dias em outra cidade e veja como se sente. Você provavelmente achará um pouco estranho no início ou chato. Mas dê uma chance para esse momento porque tem bastante chance de você gostar da experiência.

Fazendo viagens curtas, você vai ganhando confiança e percebendo se esse estilo de viagem é para você. Também vai ficando mais experiente e aprendendo a lidar com situações adversas.

Depois, você já poderá tentar fazer viagens mais longas ou para lugares mais distantes, como outro país, em que há outros desafios para lidar como língua e cultura diferentes.

Também recomendo pesquisar bastante sobre o lugar que você vai e fazer o seu planejamento. Informação e conhecimento fazem toda a diferença para garantir a sua segurança.

Lugares para viajar sozinha no Brasil

Nosso país é plural. Por isso, há alguns lugares mais seguros e com uma estrutura melhor para quem quer viajar sozinha.

Eu indico visitar lugares de praia ou cidades históricas. São destinos mais fáceis de conhecer estando sozinha porque geralmente são seguros e, na maioria dos casos, você não precisa fazer uma trilha ou alugar um carro para acessar um local distante como cachoeiras e lagoas.

Vou indicar alguns destinos em que já estive e considero ideais para viajar sem companhia.

  1. Florianópolis – SC
  2. Ilhabela – SP
  3. Curitiba – PR
  4. Trancoso – BA
  5. Bombinhas – SC
  6. Ilha Grande – RJ
  7. Alter do Chão – PA
  8. João Pessoa – PB
  9. Barreirinhas – MA
  10. Porto de Galinhas – PE

Se eu estiver sozinha, minha viagem será mais cara?

Esse é o ponto importante de considerar na viagem, o custo.

Para quem faz mochilão, viajar sozinha é até mais barato. É muito mais fácil conseguir couchsurfing apenas para uma pessoa, assim como carona e vaga em um Blablacar. Se você fica em hostel, em quarto compartilhado, o preço é o mesmo se você estiver sozinha ou acompanhada.

O mesmo ocorre com a alimentação. Se você quer economizar e está com amigos, às vezes vai em um restaurante mais caro seguindo o grupo. Mas, sem companhia, você pode até cozinhar em casa ou ir ao lugar que achar mais barato.

Porém, se você não abre mão de um hotel confortável e de visitar os restaurantes tradicionais da cidade, então viajar sozinha será mais caro. Porque não terá companhia para dividir os custos dos quartos e das refeições, muitas vezes, servidas para duas pessoas em restaurantes mais caros.

Países seguros para viajar sozinha no mundo

Como o Brasil é um lugar perigoso, só de viver aqui a gente já fica mais esperta e apta para rodar pelo mundo. Mesmo assim, é melhor optarmos por países mais seguros para mulheres viajarem sozinhas, considerando índices de criminalidade contra mulher e segurança turística.

Aqui seguem alguns deles que recomendo.

  1. Nova Zelândia
  2. Suíça
  3. Seychelles
  4. Canadá
  5. Uruguai
  6. Áustria
  7. Singapura
  8. Espanha
  9. Vietnã
  10. Austrália
  11. Cabo Verde
  12. Islândia

Diante de tudo isso, se você decidir viajar nesse estilo, pesquise bastante, escolha o seu destino e se jogue no mundo!

2 Replies to “Por que eu deveria viajar sozinha?”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *