Chile: Valparaíso e Viña del Mar| Guia completo!

Vista de Valparaíso

Quando estava planejando minha viagem a Santiago, no Chile, percebi que era comum turistas visitarem as cidades de Valparaíso e Viña del Mar.

A princípio, eu tinha ficado em dúvida se deveria incluí-las na minha programação. Mas decidi arriscar. Vou contar aqui toda minha experiência e informações das cidades para ajudar você a montar seu roteiro.

Mas adiantando, eu achei que valeu a pena! Principalmente porque adoro praias e arte.

Valparaíso e Viña del Mar
Viña del Mar

Bate e volta Valparaíso e Viña del Mar

A forma mais comum de visitar essas cidades é fazer bate e volta de Santiago. Eu não costumo gostar desse estilo de viagem porque geralmente fica um pouco corrido para aproveitar os lugares.

Neste caso, Valparaíso e Viña del Mar são cidades pequenas e achei tranquilo de explorá-las bastante em um único dia. Porém, você também pode se hospedar por lá se estiver com tempo para aproveitar os lugares com mais calma.

Distância de Santiago a essas cidades

A distância de Santiago para Valparaíso é de 115 km, que podem ser percorridos em 1 h 30 min, em média.

Já de Valparaíso para Viña del Mar são apenas 8,5 km, vencidos em 15 min de carro. Isso mostra que os lugares são bem próximos, o que torna mais fácil fazer o bate e volta.

Em relação ao retorno, de Viña del Mar para Santiago, ele é feito em 1 h 40 min, com uma distância de 122 km entre as cidades.

Valparaíso e Vina del Mar por conta própria

Eu escolhi conhecer as cidades por conta própria, para ter mais liberdade de explorar os lugares. Porém, o mais comum é fazer esse bate e volta através de uma agência. O preço é em torno de 30.000 pesos chilenos, que em 2020 equivalem a R$ 200,00. Isso não varia muito de uma empresa para outra.

Ao optar por ir sem agência, você tem duas opções. Pode alugar um carro ou usar o transporte público chileno. Eu andei de ônibus e achei bastante tranquilo, com os veículos em boas condições.

Comprar ida e volta junto fica mais barato. Os ônibus saem do terminal Pajaritos, em Santiago, e custam pouco mais de 3.000 pesos chilenos. As empresas Pullman Bus e Turbus fazem o trajeto, com saídas de 15 em 15 minutos.

Já de Valparaíso para Viña del Mar, eu fiz o trajeto de metrô. Porém, também há ônibus ou a possibilidade de se locomover de carro.

No meu caso, eu estiquei meu bate e volta até Concón, a cidade litorânea depois de Viña del Mar. Queria curtir um pouco mais das praias e retornei de Cancón para Santiago depois.

O que fazer em Valparaíso e Viña del Mar?

Apesar de bem próximas, as cidades são completamente diferentes. Isso se deve ao fato de Valparaíso ter sido colonizada em 1.536, enquanto Viña del Mar teve seu desenvolvimento apenas no século XIX.

Além disso, Valparaíso sofreu um terremoto em 1.906 que devastou a cidade. Isso fez com que as famílias ricas da região migrassem para a vizinha Viña del Mar. Isso faz a gente entender um pouco melhor a arquitetura e atrativos das cidades.

O que encontro em Valparaíso?

Valparaíso é colorida. Chama a atenção as casas amontoadas nos morros, como se fossem uma grande favela, mas colorida.

A cidade se caracteriza por um sobe e desce de ruas íngremes, o que justifica os vários cerros e funiculares que são usados como transporte.

Vista de Valparaíso
Vista do alto de Valparaíso

Além da vista da cidade, o seu diferencial é a pintura. Artistas de todo Chile e mundo passam por Valparaíso para deixar suas marcas nos muros, ruas e casas. Por isso, a cidade é viva de expressão cultural por todos os lados.

Grafite em Valparaíso
Grafite nas ruas de Valparaíso

Também há muitos museus, principalmente artísticos, em Valparaíso. Para os amantes de água como eu, o porto da cidade é bem charmoso e arborizado.

E qual o diferencial de Viña del Mar?

Ela se caracteriza por construções modernas, casarões e belas praias, o que contrasta com o cenário de Valparaíso.

Viña del Mar é o lugar perfeito para curtir uma praia e aproveitar a gastronomia chilena nos restaurantes à beira mar. Além disso, para os surfistas, a região também tem praias que oferecem boas ondas.

Além do mar, a cidade também me surpreendeu pela quantidade de aves se locomovendo. Eu adoro animais e fiquei os observando.

Pássaros Viña del Mar
Aves em Viña del Mar

O cartão postal de Viña del Mar é o relógio de flores logo no início da cidade. Pessoalmente, não vi muita graça no lugar. Em contrapartida, há o Castelo Wulff, construído na praia. O lugar é muito charmoso e, além da bela arquitetura, ele proporciona uma vista privilegiada do mar.

Castelo Wulff
Castelo Wulff, Viña del Mar

Viña del Mar e Valparaíso no inverno valem a pena?

Eu viajei para lá no final de outubro. Estava um pouco frio e não cheguei a mergulhar nas praias. Mesmo assim, eu achei que valeu a pena porque as cidades oferecem um cenário bem diferente do de Santiago.


Se você pretende conhecer o Chile, descubra também quanto custa viajar para o Atacama e quais os melhores passeios da região!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *