Pular para o conteúdo

21 trilhas em Niterói para se conectar com a natureza

Morro Santo Inácio em Niterói

Você sabia que existem várias trilhas em Niterói?

Muito mais do que o Costão de Itacoatiara, a cidade oferece dezenas de trilhas ainda pouco exploradas e com mirantes belíssimos para a gente apreciar e ficar mais perto da natureza.

Então reuni minhas 21 trilhas em Niterói preferidas para explicar a você um pouco sobre cada uma delas.

E se você quiser se hospedar na cidade, não deixe de conferir esse post com 10 dicas de onde ficar em Niterói.

Bora lá?

1. Pedra do Elefante – PESET

Trilha da Pedra do Elefante em Niterói
Trilha da Pedra do Elefante
Distância4 km ida e volta
Tempo só de subida1:30h
Nível de dificuldadeModerado a difícil
RiscosTem bastante escalaminhada, mas não é perigoso
Opinião pessoalTrilha mais difícil de Niterói e uma das melhores. A vista compensa muito
Tabela trilha Pedra do Elefante em Niterói

A trilha da Pedra do Elefante fica na fronteira entre Niterói e Maricá, na subida para Itaipuaçu.

Ela faz parte do PESET – Parque Estadual da Serra da Tiririca.

Metade do tempo de trilha é pela mata e a outra metade em uma escalaminhada longa, mas sem grandes dificuldades.

É preciso um pouco de preparo físico para subir a Pedra do Elefante, porque você precisará fazer força nos braços e pernas na escalaminhada, o que é um pouco cansativo.

A vista do mirante é incrível. Você consegue observar a região oceânica de Niterói e as praias de Maricá. Vale muito a pena!

2. Travessia Tupinambá – PARNIT

Travessia Tupinambá entre as melhores trilhas em Niterói
Mirante da Tapera, Travessia Tupinambá
Distância6,08 km
Tempo da travessia3:00h/3:30h
Nível de dificuldadeModerado a difícil
RiscosBaixo risco, sem trechos perigosos. Leve bastante água porque a travessia é longa.
Opinião pessoalÉ a oportunidade de passear realmente pelo meio da floresta, com mirantes maravilhosos no caminho
Tabela Travessia Tupinambá em Niterói

A Travessia Tupinambá é a minha paixão e uma das minhas preferidas trilhas em Niterói.

Como ela é uma travessia, você faz o percurso só de ida. Ou seja, recomendo que você não vá de carro porque vai sair em um lugar diferente de onde começou.

Ela faz parte do PARNIT – Parque Natural Municipal de Niterói.

Eu costumo começar a Travessia Tupinambá do Parque da Cidade, mas tem pessoas que já vão andando desde o bairro de São Francisco.

Durante a caminhada, você passa pelo Mirante da Quebrada, pelo Mirante da Tapera e pelo Mirante Cunhambebe. Se quiser, também pode fazer um pequeno desvio para conhecer o Mirante dos Tamoios.

Você termina a Travessia Tupinambá saindo no bairro Jardim Imbuí, e pode aproveitar para dar um mergulho na praia de Piratininga.

3. Morro Santo Inácio – PARNIT

Morro Santo Inácio em Niterói
Morro Santo Inácio
Distância3,5 km ida e volta
Tempo só de subida40 min
Nível de dificuldadeFácil a moderado
RiscosBaixo risco, apenas atenção ao sol forte no cume
Opinião pessoalO cume tem a minha vista preferida de Niterói. Vale muito a pena conhecer!
Tabela trilha do Morro Santo Inácio em Niterói

Se a pessoa só tiver um dia em Niterói, eu a levo para fazer a trilha do Morro Santo Inácio.

Porque a vista lá de cima é muito completa. Ao contrário de algumas trilhas em que você só consegue ver as praias, do cume do Morro Santo Inácio você consegue contemplar a cidade inteira.

E ela ainda é uma trilha fácil de fazer e rápida. Quer saber mais sobre essa trilha? Então confira o post “Morro Santo Inácio Niterói: como fazer a trilha?“.

4. Costão de Itacoatiara – PESET

Vista do Costão de Itacoatiara
Costão de Itacoatiara
Distância1,4 km ida e volta
Tempo só de subida40 min
Nível de dificuldadeFácil a moderado
RiscosBaixo risco, boa parte da trilha na pedra. Cuidado com o sol
Opinião pessoalApesar de rápida, a trilha é cansativa. Mas a vista da praia é linda e você pode dar um mergulho depois
Tabela trilha do Costão de Itacoatiara em Niterói

O Costão de Itacoatiara é a trilha mais famosa de Niterói. Por isso, recomendo que você a faça durante a semana, porque ela fica mais vazia.

Além de contemplar a praia, você pode aproveitar para dar um mergulho depois nas belas águas de Itacoatiara.

Uma delícia de passeio, né?

5. Pedra do Cantagalo – PESET

Pedra do Cantagalo em Niterói
Pedra do Cantagalo, na Vila Progresso
Distância2,42 km ida e volta
Tempo só de subida40 min
Nível de dificuldadeFácil a moderado
RiscosRisco alto de se perder sem guia, trilha sem sinalização
Opinião pessoalVista 360º da cidade, paisagem alucinante! Minha segunda vista preferida de Niterói
Tabela trilha da Pedra do Cantagalo em Niterói

Eu descobri a Pedra do Cantagalo em Pendotiba recentemente e fiquei encantada com a trilha. Ela é relativamente fácil e tem uma vista completa da cidade, assim como o Morro Santo Inácio.

Do topo, você vê as praias e a Baía de Guanabara, mas também muito verde e outras áreas de Niterói.

Porém, recomendo que você faça a trilha da Pedra do Cantagalo com alguém que conhece a região, ou contratando um guia. Porque ela tem algumas bifurcações sem sinalização e você pode se perder.

A trilha fica no bairro de Vila Progresso, na região de Pendotiba. Ela começa no final da Estrada do Coração da Pedra.

Se você estiver sem carro e for de ônibus, saiba que só para chegar no início da trilha já vai andar quase uma hora.

6. Piscina Natural do Zé Mondrongo – PARNIT

Trilha da Piscina Natural do Zé Mondrongo
Piscina Natural Zé Mondrongo
Distância1,77 km ida e volta
Tempo só de ida30 min
Nível de dificuldadeFácil a moderado
RiscosParte da trilha pelas pedras rodeando a praia, risco de escorregar
Opinião pessoalLugar maravilhoso para relaxar na maré baixa
Tabela trilha da Piscina Natural Zé Mondrongo

A trilha da Piscina Natural do Zé Mondrongo está ficando cada vez mais famosa. Porque quando as pessoas olham as fotos de lá, ficam doidas para conhecer esse paraíso de Niterói!

A trilha começa da Prainha de Piratininga, contornando as pedras até chegar à Praia do Hawaizinho – uma das minhas preferidas da cidade.

De lá, você deve seguir margeando o mar pelas pedras até encontrar um paredão rochoso que precisa subir para seguir a trilha pela mata. Ao final, você chega na piscina natural, que varia bastante com a maré.

Eu recomendo que você faça a trilha com o guia Glaucio. Ele é morador de Niterói e conhece bastante a região. Vale a pena fazer a trilha com ele para ser orientado e não acabar escorregando nas pedras.

Trilha do Zé Mondrongo

Veja o vídeo acima do Glaucio e saiba tudo sobre a trilha do Zé Mondrongo!

7. Morro do Morcego – APA

Distância2,31 km ida e volta
Tempo só de subida1:15 min
Nível de dificuldadeModerado
RiscosRisco de se cortar no capim colonial que costuma estar alto e de escorregar na pedra
Opinião pessoalVista incrível da Baía de Guanabara. Trilha cansativa por ser exposta ao sol e não tão bem demarcada
Tabela trilha do Morro do Morcego em Niterói

A trilha do Morro do Morcego fica em Jurujuba, começando da Praia de Adão e Eva.

Assim como a trilha do Zé Mondrongo, ela também tem seu início pelas pedras margeando o mar.

Quando você chega perto das palmeiras, deve subir pela mata até alcançar o cume do Morro do Morcego.

A dificuldade dessa trilha é que ela é aberta e você pode sofrer com o sol. Por isso, recomendo que você vá bem cedo e evite essa trilha no verão. Além disso, o capim colonial costuma estar alto e você pode se cortar.

Recomendo que vá de calça e blusa de manga comprida para se proteger.

8. Morro das Andorinhas – PESET

Morro das Andorinhas, melhores trilhas em Niterói
Morro das Andorinhas
Distância5,2 km ida e volta
Tempo só de subida40 min
Nível de dificuldadeFácil a moderado
RiscosBaixo risco
Opinião pessoalTrilha fácil com os dois mirantes principais bem bonitos. Para levar toda a família.
Tabela trilha do Morro das Andorinhas em Niterói

A trilha do Morro das Andorinhas é ótima para iniciantes. Os dois mirantes principais são bem rápidos de alcançar e tem uma bela vista da praia.

Se você gosta de caminhadas mais longas, pode se aventurar pela bifurcação que leva até a descida para a Ponta das Andorinhas e a Casa de Pedra. Mas não recomendo que vá até essa parte sem guia porque o acesso é um pouco complicado.

A trilha começa na Rua da Amizade, perto da Praia de Itaipu.

9. Trilha da Ilha do Pontal – PARNIT

Bosque Vermelho na Ilha do Pontal
Bosque Vermelho, Ilha do Pontal
Distância1,18 km ida e volta
Tempo só de ida20 min
Nível de dificuldadeFácil
RiscosBaixo risco
Opinião pessoalTrilha fácil passando pelo Bosque Vermelho e com vista para a Lagoa de Piratininga. Uma graça!
Tabela trilha da Ilha do Pontal em Niterói

A Ilha do Pontal conta com mais uma das trilhas em Niterói que fazem parte do PARNIT. O seu início é no bairro Cafubá, ao final da rua Doutor Mário Souto.

A trilha é rápida e praticamente reta. Você passa por dois mirantes e pelo incrível bosque vermelho que apaixona todo mundo que passa por ali.

Então não deixe de conhecer a Ilha do Pontal em Niterói.

10. Trilha Colonial – Ponte de Pedra – PARNIT

Ponte de Pedra na Trilha Colonial
Ponte de Pedra, trilha Colonial
Distância2,6 km ida e volta
Tempo só de ida25 min
Nível de dificuldadeFácil
RiscosBaixo risco
Opinião pessoalTrilha cultural com a Ponte de Pedra como ponto final, construída por escravos na época Colonial
Tabela trilha Colonial em Niterói

A trilha Colonial tem seu início na rua à esquerda da guarda do Parque da Cidade. Ela não tem grande dificuldade e é muito interessante de ser visitada pela sua história.

Acredita-se que o caminho da trilha Colonial era utilizado como via para ligar Maricá à Niterói no Período Colonial.

O ponto final da trilha é a Ponte de Pedra construída por escravos, que foi restaurada pelos voluntários do parque e hoje pode ser apreciada pelos visitantes.

11. Trilha da Enseada do Bananal – PESET

Distância2,6 km ida e volta
Tempo só de ida25 min
Nível de dificuldadeFácil
RiscosBaixo risco
Opinião pessoalTrilha fácil ótima para fazer rapel ou emendar no Costão de Itacoatiara
Tabela trilha da Enseada do Bananal em Niterói

A trilha da Enseada do Bananal fica no mesmo complexo do Costão de Itacoatiara. Por isso, muitas pessoas fazem as duas trilhas juntas.

Ela é mais rápida e mais fácil do que a trilha do Costão. Porém, a vista é bem mais simples e você não observa a praia do alto.

Há uma via de rapel no Bananal de 30 metros, sendo mais uma opção de lazer para você.

Muitas pessoas não sabem, mas um avião da Força Aérea Brasileira caiu por ali e há muitos restos da aeronave em um caminho alternativo na Enseada do Bananal. Porém, sugiro que você não procure essas ruínas sozinho, porque o caminho não é sinalizado e você pode se perder.

12. Morro da Peça – PESET

Morro da Peça, trilhas em Niterói
Morro da Peça
Distância540 m ida e volta
Tempo só de subida15 min
Nível de dificuldadeFácil
RiscosBaixo risco
Opinião pessoalTrilha muito rápida em um condomínio fechado com vista para o bairro de Itaipu e as praias da região. Bem legal e leve
Tabela trilha do Morro da Peça em Niterói

O Morro da Peça é uma das trilhas em Niterói mais fáceis. Do mirante você pode contemplar o bairro de Itaipu e parte da região oceânica da cidade, com as praias e lagoas.

A trilha começa em um condomínio fechado chamado Associação Recanto Bela Vista. Você anda por dez minutos até o final do condomínio e começa a trilha, até rapidamente chegar ao topo.

13. Bosque dos Eucaliptos – PARNIT

Bosque dos Eucaliptos no Parque da Cidade
Bosque dos Eucaliptos
Distância1,1 km ida e volta
Tempo só de subida7 min
Nível de dificuldadeFácil
RiscosBaixo risco
Opinião pessoalO bosque é um dos lugares mais lindos de Niterói. E a trilha ainda tem acessibilidade
Tabela trilha do Bosque dos Eucaliptos em Niterói

Se você for ao Parque da Cidade, não deixe de visitar o Bosque dos Eucaliptos. É um dos cenários mais lindos de Niterói e acessível por uma trilha bem curta.

Para pessoas com dificuldade de locomoção, também há a opção de contatar os voluntários do parque que ajudam na travessia.

14. Trilha da Ilha Mãe – PESET

Distância2,42 km ida e volta
Tempo só de subida25 min
Nível de dificuldadeFácil
RiscosTrilha com sinalização ruim, risco de se perder
Opinião pessoalExplorar a Ilha da Mãe é a oportunidade de fazer um passeio diferenciado em uma ilha de Niterói
Tabela trilha da Ilha da Mãe em Niterói

A Ilha da Mãe fica próxima à Praia de Itaipu. Você pode pegar uma embarcação até lá para começar a trilha.

Apesar de rápida e de ter uma sinalização ruim, você terá a oportunidade de fazer uma trilha diferente e com ela praticamente só pra você, já que poucas pessoas visitam o local.

15. Monte das Orações – PESET

Distância1,48 km ida e volta
Tempo só de subida15 min
Nível de dificuldadeFácil
RiscosBaixo risco
Opinião pessoalA trilha é mais uma caminhada pela natureza, bastante utilizada por grupos religiosos
Tabela trilha do Monte das Orações em Niterói

A trilha do Monte das Orações fica na Estrada Marino Nunes Vieira. Ela é curta e considero um passeio na floresta.

Essa trilha é bastante utilizada como caminhada religiosa. Por isso, respeite qualquer manifestação cultural que você encontrar pelo caminho.

16. Trilha dos Blocos – PARNIT

Distância1,1 km ida e volta
Tempo só de subida20 min
Nível de dificuldadeFácil a moderado
RiscosRisco de se machucar ao passar pelos blocos rochosos
Opinião pessoalA trilha é rápida, mas cansativa para vencer os blocos rochosos. Vale a pena usar para acessar o Parque da Cidade
Tabela trilha dos Blocos em Niterói

A trilha dos Blocos é uma via de chegar ao Parque da Cidade sem precisar caminhar pela rua com muitas curvas e carros passando.

Apesar de ser uma trilha curta, ela tem muitos blocos rochosos que você precisará superar. Assim, tenha muita atenção às pedras e cuidado para não escorregar.

Além disso, olhe bem para as árvores antes de se apoiar nelas, porque tem bastante abelha por ali.

17. Trilha do Cafubá – PARNIT

Distância5,64 km ida e volta
Tempo só de ida2h
Nível de dificuldadeModerado
RiscosBaixo risco
Opinião pessoalUm passeio pela floresta relativamente fácil e bem gostoso
Tabela trilha do Cafubá em Niterói

A trilha do Cafubá é longa, mas não é difícil. Ela começa do Parque da Cidade, ao lado esquerdo da rampa de voo.

Você pode fazer ida e volta ou mão única, como uma travessia pela floresta do PARNIT.

A trilha acaba no Cafubá, perto da saída do túnel de Charitas.

18. Trilha dos Platôs – PARNIT

Distância3,26 km ida e volta
Tempo só de subida25 min
Nível de dificuldadeFácil
RiscosCuidado com o compartilhamento da trilha com bicicleta
Opinião pessoalTrilha fácil e bem sinalizada com mirantes pelo caminho bem bonitos e verdes
Tabela trilha dos Platôs em Niterói

A trilha dos Platôs leva você a dois mirantes e é mais uma opção perto do Parque da Cidade.

O início da trilha é na rua à esquerda da guarda ambiental. Ela é uma trilha rápida e ótima para quem quer curtir um mirante sem caminhar por muito tempo.

19. Circuito Termiminó – PARNIT

Distância3,33 km
Tempo só de subida1:30h
Nível de dificuldadeModerado
RiscosBaixo risco, consulte um guia para não se perder
Opinião pessoalO circuito leva você a vários pontos importantes do parque, vale a pena conhecer
Tabela circuito Termiminó em Niterói

O circuito Termiminó tem sinalização, mas ainda precisa de melhorias. Por isso, recomendo que você faça a trilha com um guia ou alguém que conheça a região.

Ele também faz parte das trilhas do PARNIT e você passa por alguns mirantes da região no percurso.

Ele é um pouco mais cansativo do que a maioria das trilhas do parque, mas você poderá vencê-lo sem grandes dificuldades.

20. Trilha do Maceió – PARNIT

Distância1,45 km ida e volta
Tempo só de subida25 min
Nível de dificuldadeFácil
RiscosBaixo risco
Opinião pessoalTrilha tranquila com vista para a região oceânica de Niterói
Tabela trilha do Maceió em Niterói

A trilha do Maceió começa ao final da Estrada do Capim Melado. O visitante deverá subir por uma entrada à esquerda de um condomínio e alcançar o topo do Mirante da Pedra Solitária.

Lá de cima você poderá apreciar boa parte da região verde do PARNIT, a Lagoa de Piratininga e o mar. Por isso, ela é uma ótima opção dentre as trilhas em Niterói.

21. Trilha da Ilha do Veado – PARNIT

Distância930 m ida e volta
Tempo só de subida20 min
Nível de dificuldadeFácil a moderado
RiscosTrilha mal sinalizada, cuidado para não se perder
Opinião pessoalA trilha da Ilha do Veado é curtinha e bem interessante
Tabela trilha da Ilha do Veado em Niterói

A Ilha do Veado fica bem próxima do continente, mas, ao contrário do que muitas pessoas pensam, é bem difícil ir nadando até lá.

Por isso, pegue uma embarcação na praia de Piratininga para levar você até a Ilha do Veado para fazer a trilha.

Trilhas em Niterói de nível fácil

Quais são as trilhas em Niterói mais fáceis? Bom, se você é iniciante, não se preocupe porque Niterói conta com muitas trilhas tranquilas de fazer.

Eu recomendo a trilha da Ilha do Pontal, o Morro da Peça e o Morro das Andorinhas. Algumas opções fáceis mas com alguns obstáculos a mais de trilhas em Niterói são o Morro Santo Inácio e o Costão de Itacoatiara.

Trilhas em Niterói mais desafiadoras

Mas se você busca as trilhas em Niterói mais desafiadoras, eu com certeza recomendo a Pedra do Elefante e a Travessia Tupinambá.

Outras opções são o Morro do Morcego e o Circuito Termiminó.

Quer mais dicas da cidade? Então veja o que fazer em Niterói!

9 comentários em “21 trilhas em Niterói para se conectar com a natureza”

    1. Joanna Pimentel

      Olá, Ione! Eu não faço passeios para lá, mas você pode me chamar no Instagram @viajocaminhando que te dou algumas indicações 😉

  1. Há algum problema de ir sozinho nessas trilhas? tenho vontade de fazer trilha porém conheço ninguém que curta essa vibe!

    1. Joanna Pimentel

      Oi Carol. Não recomendo fazer nenhuma trilha sozinha, independente da cidade. Mas faço as trilhas de Niterói quase toda semana e nunca tive problemas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *